Como obter uma Licença de Canábis em Portugal

Sabes como te tornares um produtor licenciado em Portugal?

Canábis, especialmente a canábis medicinal, está a ganhar aprovação global. O Canada levou à legalização e regulação da canábis. As empresas de canábis no Canadá também têm ajudado outras nações como a Colômbia e Alemanha a produzir canábis medicinal para apoiar os seus programas. Os investidores e empresários de canábis prestam agora atenção a Portugal. Para além de ter o seu próprio programa de canábis medicinal, Portugal tem um ótimo clima e localização para o cultivo de canábis para exportação. A canábis de exterior cresce bem em Portugal e pode ser produzida a um preço mais baixo em comparação com outras nações europeias com climas mais frios. Então como é que se pode começar a cultivar canábis em Portugal?

Prescrições para Canábis Medicinal em Portugal

A canábis em Portugal é descriminalizada, mas não é considerada legal se não for receitada por um médico e dispensada por uma farmácia. A canábis medicinal só pode ser receitada se os tratamentos convencionais não funcionarem. O médico cria uma prescrição para um tipo específico de canábis e uma dose específica para o paciente.

Candidatura para uma Licença de Cultivo de Canábis em Portugal

A Infarmed é a entidade reguladora portuguesa que é responsável por regularizar a canábis medicinal em Portugal. Se te queres tornar um produtor de canábis licenciado em Portugal, o seu website será a tua primeira paragem para obteres informação. No entanto, o website está em português então terás que usar um plug-in no teu navegador para o traduzir. Também vais precisar de alguém que fale português para te ajudar com outros documentos pois muitas das normas são enviadas em PDF e estão em português.


As normas para a canábis medicinal em Portugal estão delineadas no “Decreto Regulamentar n.º 61/94, de 12 de outubro." Quando se trata de quantas licenças de cultivo de canábis Portugal permite, Capítulo II, Secção I, Artigo 5 dos regulamentos governamentais, "2 - Autorizações apenas serão concebidas baseadas nas necessidades do país, dando-se prioridade a interesses medicinais, veterinários, científicos e didáticos, com exceções fornecidas nos acordos referidos no artigo 3." As licenças de cultivo de canábis medicinal em Portugal são limitadas por cotas que são definidas pela Infarmed, o que é diferente de licenciar em locais como o Canadá onde a canábis recreativa também é legal. Supostamente, existem tempos de espera longos e um atraso significativo de candidatos neste momento, então pode ser complicado tornar-se um produtor licenciado em Portugal do que em outros países.

Licenças de Cultivo

As licenças portuguesas de cultivo de canábis são válidas por um ano e têm que ser renovadas anualmente. O processo de licenciamento de cultivo de canábis exige que as candidaturas sejam submetidas à Infarmed juntamente com pedidos de verificações de antecedentes criminais para o organismo responsável indicado. A Infarmed colabora com outras agências governamentais como a Polícia Judiciária (PJ), a Polícia de Segurança Pública (PSP), a Guarda Nacional Republicana (GNR) e a Direção-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais Sobre o Consumo (DGAIEC) e informa-as de todas as autorizações de licenças de cultivo.

Uma candidatura para uma licença portuguesa para o cultivo de canábis tem que incluir a seguinte informação que está delineada no Capítulo II, Secção II, Artigo 13, juntamente com o pedido de antecedentes criminais:

  • Identificação completa e morada do cultivador ou cultivadores (se não forem a mesma pessoa que se candidata à licença)
  • Localização e área do terreno onde a canábis medicinal será cultivada
  • Quantidade e denominação da espécie da planta que será semeada ou plantada.
  • Estimativa da quantidade do produto que será recolhido, a sua utilização e o seu destino (excedentes de mais de 10% não são permitidos e serão divididos à despesa do produtor)
  • O local onde o produto será armazenado e as respetivas condições de segurança até ser entregue à agência oficial responsável pela recolha

O cultivo de cânhamo é regulado pelo Instituto Nacional da Intervenção e Garantia Agrícola juntamente com a Polícia Judicial e não é regulada da mesma forma que a canábis medicinal é.

Licenças de Extração de Canábis

A extração e produção de canábis em Portugal requer mais autorizações. O processo de candidatura é semelhante à licença para cultivo. Novamente, a Infarmed controla o licenciamento para prevenir o excesso de materiais que ultrapassam as necessidades do mercado legal. A Infarmed cria cotas anuais mas pode ajustá-las durante o ano se necessário. Também existem mais autorizações que são necessárias para poder vender a canábis medicinal em massa e para a importação e exportação de canábis.

Comércio e Transporte da Canábis Medicinal

Quando está na hora de comercializar e transportar canábis recolhida ou produtos de canábis medicinal, existem procedimentos específicos que devem ser seguidos. As traduções destes procedimentos deixam muitas questões em aberto, mas parece que tanto a Infarmed como as autoridades competentes locais têm um papel importante no comércio e transporte de produtos de canábis. Em geral, o mercado português de canábis medicinal é rigorosamente controlado e regulado.

Cultivar Canábis Medicinal em Portugal

Como a GrowerIQ Ajuda um PL a Cumprir a BPAC e BPF?

  • Um sistema de registo digital é mais fiável do que um sistema em papel
  • Numeração de lotes e controlo do estado dos lotes
  • O acompanhamento das vendas da semente de canábis e as contas de peso e rentabilidade
  • Monitorização de clientes
  • Controlo do inventário
  • Funções de software de gestão de qualidade
  • Funções de software de cultivo e monitorização
  • Funções de software de PRC
As regras e regulamentos delineados no “Decreto Regulamentar n.º 61/94, de 12 de outubro” são rigorosas e bastante detalhadas. Além disso, a Infarmed exige que cultivadores, processadores e fabricantes de canábis adiram às regras das BPAC e BPF. Existem requisitos particularmente rigorosos para o sistema de registos e segurança que devem ser cumpridos. A GrowerIQ tem contactos com a Infarmed que foram solicitados para a utilização do software da GroweIQ das vendas de sementes para ajudar produtores de canábis licenciados a cumprirem os requisitos regulamentares da BPAC e BPF.

Conclusão sobre o Cultivo de Canábis em Portugal

Portugal é uma excelente localização para o cultivo de canábis pois o seu clima natural permite o desenvolvimento da canábis. Contudo, enquanto empresas gigantes de canábis como a Tilray já trabalham em Portugal, parece que há uma grande lista de espera para o licenciamento. O país está numa posição única para ser o exportador principal de canábis para outras partes da Europa onde a canábis não cresce tão bem devido às condições climáticas. A realização deste desejo está dependente da Infarmed e a sua disposição para licenciar mais cultivo de canábis baseado na exigência de exportação. A troca de canábis internacional ainda é bastante recente então pode levar anos até que os acordos de troca de canábis sejam normalizados e que os procedimentos e leis sejam criados e retificados para facilitar esta atividade.

Descubra Mais

O software da GrowerIQ para a venda de sementes é um sistema crucial para te ajudar a cumprir as regras de cultivo de marijuana medicinal em Portugal. Os nossos especialistas podem ajudar-te a criar um negócio internacional de canábis de sucesso e a cumprires qualquer quadro jurídico. Para aprender mais, entra em contacto com um dos nossos profissionais de canábis ao completar o formulário abaixo.


Fala com um Consultor de Canábis

About GrowerIQ

GrowerIQ is a complete cannabis cultivation management platform, designed in partnership with Master Grower, Shlomo Booklin. Ours is the first platform to integrate your facility systems, including sensors, building controls, QMS, and ERP, into a single simplified interface.

The company built insights from Shlomo's 30+ years of agronomist experience right into the platform. GrowerIQ leverages proprietary machine learning technology to improve facility automation and provide cultivators with insights to improve quality and consistency. GrowerIQ is changing the way cultivators use software - transforming a regulatory requirement into a robust platform to learn, analyze, and improve crop performance.

To find out more about GrowerIQ and how we can help, fill out the form to the right, start a chat, or contact us.

Start today.

Let us know how to reach you, and we'll get in touch to discuss your project.

GrowerIQ does not share, sell, rent, or trade personally identifiable information with third parties for promotional purposes. Privacy Policy